domingo, 25 de outubro de 2009

...Mas um dia saberás...!



Como eu vivo
nesta imensa rebeldia,
de procurar
tudo o que é difícil
para conquistar!

Percorri
um longo caminho,
com pedras,
muitas pedras,
que retirei
uma a uma,
para chegar até aqui!

Parei
à beira desse caminho,
recordando imagens,
que ora sorria,
ora entristecia!

Pensei
se teria encontrado
o ser feliz!
Senti silêncio,
mas daí a pouco,
veio uma Luz
em forma de mulher,
que me disse:
…mas um dia saberás…

José Manuel Brazão

Um dia disse à Nanda que eu não sabia o que era ser feliz e ela respondeu-me: "... mas um dia saberás..."!

(CLIQUE NO TÍTULO DO POEMA)

1 comentário:

  1. lindo texto amigo.
    Semana maravilhosa prá voce!

    Beijosssssssssssss

    ResponderEliminar